Segunda-feira, 12 de Setembro de 2011
Nambuangongo - Da Boa Faneca ao Bom Bife

Nambuangongo, Novembro 1973 </p>Da Boa Faneca ao Bom Bife!</p>

Todos sabemos o que era Ambrizete.

Vila pequena, agradável e fantástica para o início de uma "guerra".

Ambrizete fica à beira mar e a pesca artesanal era diária sendo a faneca aquele peixe de eleição.

Felizmente tivemos um Bago Mestre com a especialidade de Sapador, o que foi óptimo, pois conhecia bem a diferença entre um bom tacho e um rancho de estilhaços!

Mister Bago Mestre usava e abusava das fanecas para os nossos furriéis, muitas pragas lhe rogámos!!!

Enfim, rodámos para a Vila General Freire, vulgo Nambuangongo e o mar ficou lá tão longe, finalmente só comíamos carne que era o fresco que chegava àquelas paragens. Todos ficámos satisfeitos.

Passados dois meses já deitávamos bife pelos olhos, pedimos então ao nosso sapador umas fanecas, mesmo daquelas mais pequenitas.

Mister Bago Mestre mais uma vez se vingou dos furriéis" Ai agora querem fanecas, queriam? Queriam...mas não há! Quando eu as dava em Ambrizete chamavam-me nomes agora ide pró car....! dizia meio furioso e meio risonho na sua voz meia gaga!

P.S. - Um abraço ao meu amigo Santos do Mindelo, bem perto de Vila do Conde.

Cortez, Raul, 06 Outubro 2004



publicado por bcac3869 às 23:57
link do post | favorito

links
links
blogs SAPO